Eu LUTO pela UNCISAL.

Entrar na universidade é sonho de muitos, ainda. Uns preparam-se para fazer sua primeira tentativa, outros preparam-se há anos e ainda não conseguiram. É duro, cansativo, exige dedicação, perseverança e autoconfiança. Muitos desistem no meio do caminho. Não é nada fácil, e eu digo, por experiência própria, que foi umas das piores fases da minha vida. Escutar/ver seu nome na lista de aprovados é sensacional. Desencadeia uma mistura de sentimentos e emoções. Você chora, você rir; grita e fica mudo; não consegue dormir e quando dorme, dorme profundo e tranquilo...mas, o que você não sabe (ou que nunca acreditou que os outros disseram) é que dentro da universidade o sofrimento é maior do que foi para entrar. Lá dentro você não só tem que estudar MUITO, perder noites de sono e muitas vezes não tirar a nota esperada; como também tem que lidar com professores irresponsáveis e mal amados (mas isso você tira de letra), o pior são as crises politicas que a faculdade passa, te amedrontam e muitas vezes até te deixam desestimulado, mas você tem que saber se portar diante destas situações para não ficar no canto só ”vendo as coisas acontecerem” ou até mesmo vivendo do que “os outros dizem”. A partir do momento que você entra na universidade, ela torna-se sua primeira casa e você fica tão adepto a esta que a defende com unhas e garras, mas isso só acontece quando cria-se, de fato, um vinculo e quando você realmente pensa no seu futuro.
Você saber, já no 3° ano de graduação, que o seu curso tem data para “acabar”, lhe causa um grande impacto e só o que dá vontade de fazer é desistir. Você se pergunta: tanto esforço pra nada? Então é quando você para pra pensar e vê que algo tem que ser feito e que você não pode ser só mais um alienado e conformista no mundo, exercer a cidadania é um direito, principalmente quando é para a o progresso. Olhando para o nosso passado histórico, podemos observar que uma das maiores conquistas foi obtida quando multidões de jovens e adolescentes saíram às ruas de todo o país com os rostos pintados abalando o governo de um poderoso presidente.
A UNCISAL está passando por uma crise, onde quase 100% dos professores (nos cursos de Enfermagem e Tecnológicos) são contratados, assim como muitos dos profissionais dos hospitais escola HDT e Santa Mônica. Já foi reivindicado, de diversas formas, a realização de concursos, MAS o governador não tomou nenhuma providência. No dia 20 de Março foi decido, durante uma assembleia, GREVE na universidade por tempo indeterminado. Desde então, estamos na LUTA, não só pelo concurso público, mas também, pela reposição salarial, por uma assistência estudantil e uma melhora na infraestrutura da universidade.

Junte-se também a nós! Ajude-nos a vencer esta batalha. Faça valer nossos esforços... por um futuro melhor e pelo bem de Alagoas.


Rebeca Thomé Costa

0 comentários:

Postar um comentário

______

Minha foto
"A palavra que é escrita talvez seja a que mais fala; traduz o que o peito grita sempre que a boca se cala."
Ocorreu um erro neste gadget