Aprendendo com a natureza.

É, realmente, não tem explicação. É como uma semente que, por acaso, cai numa terra árida e brota. Ali cresce, amadurece, e mesmo em meio à dificuldades prevalece. Incrível como a natureza nos revela tão claramente como devemos ser e simplesmente ignoramos. Os pássaros, por instinto, se arremessam de elevadas alturas e aprendem a voar, as vezes levam tombos, mas logo se aprumam e seguem voando cada vez mais alto, destemidamente. E porque será que nós, seres humanos racionais, vivemos encarcerados em nossa própria existência? Somos livres, porém muitas vezes deixamos de seguir nosso instinto animal e acabamos deixando de plantar novas sementes e/ou voar mais alto por medo de fracassar ou sermos julgados pelos que nos rodeiam. Somos egoístas conosco mesmos. Na natureza não existe essa preocupação, o leão mata um animal mais frágil e indefeso para se alimentar e sobreviver e nem por isso ele é mal visto, muito pelo contrário, é reconhecido pela sua força e coragem, e todos entendem que faz parte da sua natureza, a chamada cadeia alimentar. Sigamos, pois, nossos instintos fazendo aquilo que consideramos melhor pra nós, talvez assim nos tornemos mais naturais, menos artificiais, mais nós! Dificuldades? elas existem independente da escolha que fazemos, são um elemento essencial à nossa existência. O que não devemos fazer é burlar nossos anseios, privando muitas vezes a tendência de ser feliz. Livre-se de frustrações, viva e diga que valeu a pena!

Rebeca Thomé Costa

2 comentários:

Anônimo disse...

http://projeto-desabafo.blogspot.pt/

Fernando disse...

Olá Rebeca, tudo bem.
Nem sei se você vai ler este post, mas vendo postagens antigas do meu blog vi um comentário seu de 2008. Na verdade você foi uma das primeiras a comentar no meu blog. Lá se foram 6 anos quanto tempo.Não sei o que está fazendo ou se ainda escreve, revendo os antigos comentários, fiquei curioso de saber como estão aquelas pessoas que acompanhavam o meu blog desde o início e com tempo vamos perdendo o contato. Sei que o tempo agora está mais curto, já o era naquela época. Quando puder passa lá no meu blog. Estou visitando e vendo se os antigos amigos do blog ainda postam, depois de tanto tempo, a maioria já não tem mais o blog. Gostaria de saber como estás. Espero que esteja tudo bem.
Grande abraço
Blog Fernu Fala II

Postar um comentário

______

Minha foto
"A palavra que é escrita talvez seja a que mais fala; traduz o que o peito grita sempre que a boca se cala."
Ocorreu um erro neste gadget