Dia dos namorados.



Odeio dia dos namorados. Sim, eu odeio. Odeio porque se tornou clichê. Todos os casais, senão a maioria, fingem ser perfeitos; fazem declarações, presenteiam, preocupam-se em sair para os melhores lugares e/ou fazerem algo diferente do normal, além de ficarem, mesmo que imperceptivelmente, tentando provar que seu dia foi completo e incomparável, quando muitas vezes é só “capa”. 
Odeio quando me perguntam: vai fazer o que no dia dos namorados? Vai dar o que pra o seu namorado? Queridos, entendam uma coisa, eu não preciso de um dia exclusivo, denominado pela sociedade como “dia dos namorados” para declarar meu amor, presentear ou fazer coisas diferentes com/para meu namorado, porque, fora este dia, existem outros 364 dias no ano, que eu devo/quero/posso fazer estas coisas.
Conquiste quem você ama TODOS os dias, sem invenções, sem clichê!

Rebeca Thomé Costa

3 comentários:

Sandriiinha RaFáH disse...

-Falou tudo! :)

MafaldaCunha* disse...

Os textos estão lindos, passei bastante tempo a ler aqui no teu blog :)

Karine Tavares disse...

Teu blog é ótimo, parabéns!

Vem conhecer o meu:
leiakarine.blogspot.com

Postar um comentário

______

Minha foto
"A palavra que é escrita talvez seja a que mais fala; traduz o que o peito grita sempre que a boca se cala."
Ocorreu um erro neste gadget